24 de out de 2013

Você é o que pensa ser e mais o que é sem o saber



Que tal sair de dentro de si mesmo?



Quantas vezes você não se pegou agindo de determinada forma, só conseguindo explicar-se ao dizer que “veio lá de dentro uma coisa e eu fiz o que fiz!”?

Quantas vezes você teve certeza de viver dentro de si um você diferente daquilo que você vive?

É assim mesmo: nós não conseguimos perceber parte muito importante do que somos, residindo e atuando dentro de nós mesmos como conteúdos e dinâmicas inconscientes em grande parte autônomas, quase como se tivessem vida própria.

Estes conteúdos e dinâmicas é o que por vezes “se intromete” nos seus assuntos, fazendo com o seu comportamento termine sendo diferente do que você queria.

A dinâmica de individuação, que é uma tarefa da maturidade, é nada mais do que o processo de integrar ao “ego” tudo o que você é, do mais bem aproveitável ao mais difícil de aceitar, único jeito de você ser íntegro.

Nesta dinâmica mental, tanto aspectos inatos (“jeito natural de ser”), quanto aspectos resultantes de condicionamento (“jeitos ensinados a ser”), bem como memórias afetivas guardadas no inconsciente, resultado do que foi vivido na primeira infância e modelou a pessoa (mágoas, medos, ressentimentos e raivas), são mais bem compreendidos e então descondicionados ou assumidos, resultando numa pessoa mais completa e mais verdadeira.

Todavia, requer coragem e exige algum método.

Neste sentido, é uma bênção dispor do instrumental da Astrologia Arquetípica, que ajuda a perceber o que ocorre nos desvãos do inconsciente, e é igual bênção dispor do arcabouço conceitual da Psicologia e de seu conjunto de métodos de interferência no psiquismo humano, que propicia compreender melhor e como encaminhar de modo mais adequado o que foi então percebido.

Pois se uma coisa é perceber e outra é compreender, ambas bem articuladas é que propiciam uma ação congruente, responsável e benfazeja, com base no então percebido e compreendido, a partir dos valores e objetivos da própria pessoa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate