29 de out de 2013

Destruição criativa, uma função dos aspectos Urano-Saturno



Dia destes uma pessoa querida perguntou-me o que faz alguém ser planejador estratégico competente.

Complexa questão, esta, pois requer-se do planejador estratégico muito mais do que determinados atributos mentais.




Costuma ser obrigatório haver uma cultura extensa, para deter um repertório vasto de possibilidades quando estiver articulando as melhores alternativas possíveis para o atingimento de certo objetivo definido.

Então, em geral são homens ou mulheres que conheceram de perto múltiplas situações, políticas, empresariais ou pessoais, e as absorveram após tê-las compreendido, criando com isto este repertório.

Mas, além disto, que costuma ser resultado de uma longa experiência, é preciso ter vocação e específicas competências pessoais, de ordem psíquica profunda.

Como as de conseguir desarticular uma situação em seus principais componentes e rearticulá-los ordenadamente para compor um novo cenário possível.

A seguir, conceber e encadear os passos necessários para, saindo de onde se está, delinear o percurso necessário para atingir o objetivo definido como alvo.

No âmbito da Astrologia Arquetípica, então, está se falando de Urano e Saturno.

Raramente alguém é competente planejador estratégico sem ter em sua Carta natal um forte aspecto entre Saturno e Urano, sendo que os trígonos e sextis são mais facilitadores, embora as quadraturas e conjunções ofereçam um maior potencial para este tipo de tarefa, caso a pessoa consiga elaborar produtivamente, em si mesma, a tensão interna que tais aspectos costumam indicar.

Simbolicamente, Urano se associa à capacidade humana de desarticular conceitos criativamente, rompendo anteriores ligações e impelindo à elaboração de novas possibilidades de arranjo. 

Saturno, por sua vez, é associado à capacidade humana de impor ritmo, ordenamento e estabelecimento de prioridades.

Então, figurativamente falando, a mente uraniana destrói criativamente o cenário existente, decompondo-a nos seus principais elementos, e a mente saturnina reordena os novos elementos surgidos, atribuindo-lhes sentido organizado em um novo caminho realista de realização.

Como é agora => como deverá ser daqui a pouco => o que e como é necessário fazer para chegar lá?

Sabe um caleidoscópio?

Para esta ressignificação, então, é fundamental deter aquele vasto repertório de situações de que falava no início. Caso contrário, o leque de sugestões é menos significativo ou rico em possibilidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate