18 de set de 2013

A Astrologia Arquetípica como método de autoconhecimento

Há 30 anos vivenciei a primeira interpretação da minha Carta natal astrológica, ou mapa astral, como também chamam.
Sendo exato, 29 anos, pois foi em 13 de agosto de 1984, e a partir daquele dia nunca mais me afastei da Astrologia.
A informação sobre minha mente inconsciente, sede das minhas dificuldades e possibilidades, pareceu-me tão ampla e preciosa, que desde lá sempre quis aprender mais para aprimorar-me melhor e poder distribuir aquele tipo magnífico de conhecimento.
Prognóstico de futuro, como por costume se pensa? Isto é nada, perto da riqueza que a Astrologia Arquetípica propicia a quem busca conhecer a si, já que ela oferece um sistema de diagnóstico de personalidade como poucos existem, em profundidade e abrangência.
O seu futuro acontecerá, estando você mais ou menos bem preparado para ele, mas se você se conhecer melhor poderá lidar de modo produtivo com o que ocorrer. Porque as estrelas do seu destino estão no seu peito, não nos céus.
Como eu creio com firmeza que a pessoa que queira se desenvolver enquanto ser humano, pessoal, familiar e espiritualmente falando, só o fará de modo sustentado se for por intermédio do autoconhecimento para aprimoramento pessoal, nunca mais parei de estudar Astrologia e de oferecer-me como escritor, professor e palestrante no assunto.
Também, na maior parte do tempo que me separa hoje daquele longínquo dia, pude ser o intérprete da Carta natal astrológica de muita gente. Inúmeros, levando depois o resultado de nosso trabalho diagnóstico para enriquecer e ou aprofundar a terapia que já faziam, ou indo em frente só com seus próprios recursos.
Agora, exatamente quando Saturno retorna ao exato ponto em que estava quando a Astrologia entrou em minha vida -- e nela ficou para nunca mais sair --, tocou-me implantar este blog.
Aqui, quero partilhar o que pude aprender, e refletir conjuntamente com quem venha a participar, sobre variadas questões da alma humana e do cotidiano, sempre com os olhos da aliança de saberes entre a Astrologia Arquetípica e a Psicologia.
Se você se interessa por Astrologia, desenvolvimento humano e Ciências do comportamento (seja, ou não, especialista nestas áreas), e também acredita que ninguém desperta seus potenciais ou vence suas limitações sem se conhecer melhor, dou-lhe as boas vindas a este espaço de reflexão.
Grato por ter chegado aqui.

2 comentários:

  1. Tânia Regina Toledo20 de setembro de 2013 21:30

    Oi, Luiz !
    Fiquei feliz com a iniciativa do blog!
    Meu contato com suas obras,desde o meu curso de psicologia há 20 anos atrás com o seu "Por que fazer Terapia", e mais recentemente com seus livros sobre astrologia, religião e antropologia, além de seu extraordinário romance "Violeta", foram para mim uma experiência transformadora.
    Alegria também por sua retomada na interpretação do mapa natal, que em sua leitura é valorada pela associação com a psicologia junguiana.
    Bom ter mais um canal de comunicação com você, de modo a aprender ainda mais sobre Astrologia,esta poderosa ferramenta de autoconhecimento e aperfeiçoamento e de reintegração com o Divino.
    Aguarde minhas muitas perguntas...rsrsrsrs
    Beijos !
    Tânia Regina Toledo

    ResponderExcluir
  2. Grato, Tânia. Seja bem-vinda! Envie perguntas, sim, pode ser bem bacana. Excetuando-se dúvidas muito pessoais, para não expor a pessoa, questões ajudarão a esclarecer aspectos que não sejam mais claros e, assim, ajudarão bastante o meu trabalho.

    ResponderExcluir

Translate