19 de set de 2013

Astrologia e psicologia, uma aliança poderosa

São cada vez menos as pessoas que duvidam da importância do inconsciente sobre o comportamento humano. O desafio é duplo: como saber o que, de dentro do inconsciente, determina a forma da pessoa atuar no mundo; e como interferir no que exista no inconsciente, até onde seja possível, para devolver à pessoa maior capacidade de livre-arbítrio.


Uma vez o psiquiatra suíço Carl Jung escreveu: “não é apenas o passado que nos condiciona, mas também o futuro, que muito tempo antes já se encontra em nós e lentamente vai surgindo de nós mesmos”.

Com esta afirmação, ele indicava o conjunto de predisposições inconscientes de cada pessoa a certos tipos de acontecimento.

Destino? Determinação? Condicionamento? Herança familiar? Vidas passadas? Tanto faz em que se acredite. No desafio duplo que indiquei acima, a aliança entre Astrologia e Psicologia tem muito a oferecer, como vamos descobrindo cada vez mais.

A Astrologia, oferecendo a possibilidade de identificação da dinâmica inconsciente de alguém, por meio da interpretação arquetípica da sua Carta natal astrológica; e a Psicologia, propiciando a possibilidade de interferir nesta mesma dinâmica de modo adequado, por meio de técnicas de aconselhamento e ou psicoterapia praticadas por terapeutas bem preparados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translate